Sobre o tempo: o surreal e o real

Natália Lampert Batista, Deise Caroline Trindade Lorensi, Kalinca Léia Becker, Elsbeth Léia Spode Becker

Resumo


Neste texto se teve por objetivo refletir sobre o tempo, sua relação com o trabalho e o lazer na sociedade contemporânea. A metodologia está embasada na reflexão e na análise descritiva do tema ‘tempo’, utilizando a exposição lógica das ideias. Para desenvolver o texto, foi selecionada a imagem, a obra de arte de Salvador Dalí, intitulada ‘A Persistência da Memória’. Pôde-se inferir que, na sociedade moderna, e, especialmente, na contemporânea, o tempo constitui-se como um fenômeno da evolução sociocultural e um mecanismo de relações entre as classes sociais do capitalismo. O lazer oportunizado pelo turismo, outro fenômeno próprio da sociedade industrial e urbana, também acompanha as suas concepções e transformações. Uma dessas concepções ocorre na relação entre tempo destinado ao lazer e o tempo do trabalho.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

.........................................................................................................................................................................................................................

INDEXADA EM:


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.