O CONCEITO DE PROBABILIDADE NA FORMAÇÃO DOCENTE: UMA REFLEXÃO APOIADA PELA ANÁLISE ESTATÍSTICA IMPLICATIVA

José Luiz Cavalcante, Vladimir Lira Veras Xavier de Andrade, Jean-Claude Regnier

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a relação mantida por licenciandos do curso de Matemática com a Probabilidade e seus conceitos. Para esta discussão, utilizamos a Análise Estatística Implicativa que é entendida como uma ferramenta de análise de dados capaz de fornecer subsídios para refletir sobre a formação docente.  Nossa questão de pesquisa está relacionada com o seguinte questionamento: como os futuros professores de Matemática se relacionam com as ideias básicas que envolvem o conceito de Probabilidade? Para responder a essa questão, nos fundamentamos em Azcárate Goded (1996) e Gonçalves (2004) que discutem o papel e a formação das concepções docentes sobre Probabilidade. Utilizando o software CHIC (Classificação Hierárquica Implicativa e Coesitiva), pudemos observar que os futuros professores demonstram fragilidade na sua relação com a Probabilidade e se aproximam de uma concepção clássica da Probabilidade.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

.........................................................................................................................................................................................................................

INDEXADA EM:

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.